O livro como objeto – o luxo e o desejo

Quem é estudante está habituado a pesquisar na internet, a acessar os
PDFs de livros supostamente esgotados. Muitos passam pelos cursos de graduação e pós sem adquirir sequer um livro. Há vários argumentos a favor da “xeronet”. Há o preço dos livros como o principal deles. Entretanto, este argumento não corresponde aos fatos na maioria das vezes. Faça o teste. A próxima vez que precisar de um livro “esgotado” cuja matriz está disponível no xerox da escola ou em pdf na rede procure nos sebos virtuais e com certeza encontrará por um preço menor que a soma da cópia de todas as páginas. Ao adquirir você ainda terá em mãos um livro, um objeto eterno, que tendo sido de outra pessoa pode vir com marcações que conferem um ar misterioso à obra.
É isto que o livro representa: um objeto de desejo.
Cabe ao consumidor decidir, mas por mais que os conteúdos estejam livres para cópia e acesso, de forma legal ou não, sempre haverá os que desejam ter o objeto, tocar, manusear, deixar suas marcas, carregar por aí, mostrar, presentear, guardar.
Além disto, cada vez mais as criações de projetos e capas criam objetos ainda mais desejados, um luxo, pois é cultura, é o prazer da leitura, é a viagem por outras mentes.
Posso ser suspeita para falar do assunto, mas antes de ser editora sou amante dos livros!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s