Arquivo da tag: bienal

O autor no Dia do Escritor

Neste Dia do Escritor pensamos em autoria, em autor, mas o que define um autor?

Ele define-se pelo processo criativo? Pelo quanto trabalha?

As leis, os tratados internacionais, protegem o autor, definem exatamente o que vem a ser autoria?

Como adequar o conceito de autoria a nova realidade de hiperlinks midiaticos? E efeitos de copia e cola?

Na realidade reconhe-se o autor por sua personalidade. Ele coloca sua marca no texto por mais poder que a influencia de leituras passadas exerça sobre ele.

Cada autor, a despeito de utilizar as mesmas fontes, tem um processo criativo unico, uma personalidade unica, uma historia de vida unica e isto tem que ser preservado.

Ser um autor, um escritor, pode ser traduzido como um trabalho como outro qualquer, onde o intelecto se coloca a servico da criaçao de um bem que ira divertir, ensinar, fazer as pessoas imaginarem, criarem a partir dele.

Hemingway

Acima de tudo o autor  se deixa morrer para nascer o leitor, que vai ser ele mesmo um autor que ira transformar ou se deixar transformar pelo texto que consome. Uma morte figurativa, onde ele vai deixar o leitor nascer, fazer as conexoes, imaginar, sonhar a partir daquele texto.

O processo de autoria exige muito trabalho, muito suor, uma navegaçao pela historia, pelo passado, uma bagagem de vida, que sera publicado em algum meio, seja papel, seja digital, seja em uma rede liquida, em um mundo cada vez mais liquido.

Feliz Dia do Escritor!

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Histórias, internet, leitura, livros, Notícias

Começou mais uma Bienal do livro Rio 2011

Ontem teve início mais uma Bienal do Livro no Rio Centro. Em tempos de livro eletrônico o mercado editorial brasileiro promove o incentivo a leitura, expondo sua criação em grandes pavilhões, estandes dos mais diversos tipos e formatos, alguns visualmente muito bonitos e criativos. Longas filas se formam para os que querem aproveitar as diversas atividades, autógrafos, promoções etc. Várias escolas organizam visitas guiadas e a meninada se diverte com os personagens e cantos de leitura. Iniciativas como esta são necessárias e ainda o serão por muito tempo em nosso país, que é carente de tudo e, principalmente de cultura. O hábito da leitura é importantíssimo para que o jovem adquira um vocabulário mais amplo, para que amplie também sua visão do mundo, para que acumule conhecimento e estimule o raciocínio. Esta semana conversei com uma mãe que me disse que o melhor programa que faz com os filhos no final de semana é uma excursão a alguma livraria e que o castigo maior aos filhos é ficar sem ler. Que bom ouvir estes exemplos. Tanto faz se lêem livros impressos ou eletrônicos, o mais importante é viajar pelo mundo da leitura para um dia este leitor poder ser aquele que irá gerar conteúdo para os outros lerem. O processo da escrita depende muito do quê e do quanto se lê. Que venham mais bienais do livro!

Deixe um comentário

Arquivado em consumo, internet, livros, Notícias